quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Moby D'Urca.


Moby D’urca

A Lua na Urca.Que baleia Orca !
De olharpoadores que vão à ventura
de acordes (jorgebeniantes) de limpidez pura
que o bairro transpira
e tosse.Inspira
e Solta.Comprime e pulsa.
Mesma Urca convulsa
que engoliu Nuntuckets e Nuntucktenses
Pseudocariocas e Psicofluminenses...

Como sabemos, a Urca é o maior mamífero da Cidade
Leve leviatã soprano a bebericar doceano
Sussurra,ronrona e geme sopros de eternidade
No caos do cais urbano

a lua na urca é de dar tiro em Arcanjo.
Ventanágua e no sopro estriônico
flanam leves estrias molhadas
A lua da Urca é apaixonada
e sente o faro raro do aro
de minha fina bicicleta.

5 comentários:

luizayabrudi disse...

que ótimo!!!! "a urca é o maior mamífero da cidade" eu amei!!

Cris Chevriet disse...

bonito!!!

Yasmin Gomlevsky disse...

Os seus são os únicos que eu tipo vou chegando pra frente enquanto to lendo

Joi disse...

po, maravilhoso-genial! tipo uma palavra só. vc é o melhor!!!!!!!!

Gabi Giffoni disse...

Genial! Genial mesmo!!! "pseudocariocas e psicofluminenses": UAU.